Beneficios - Frescos continente Cogumelo

Cogumelo

Espinafre continente frescos














Espinafre continente frescos
eat smart
rico em aminoácidos essenciais


De todos os cogumelos que existem, apenas uma pequena quantidade é comestível (cerca de uma dezena). Em Portugal a região de Trás-os-Montes, Beira Litoral, Ribatejo e Oeste são as que mais produzem. Os mais procurados/comercializados são o cogumelo branco, o shiitake, o cogumelo castanho e o cogumelo silvestre.




Benefícios do consumo do cogumelo:



Excelente alimento para vegetarianos
Os cogumelos contêm um bom valor proteico, principalmente os cogumelos brancos (3g/100g) e são ricos em aminoácidos essenciais.
Bom conteúdo em fibra alimentar
Apresenta um interessante conteúdo de fibra, nomeadamente hemiceluloses e pectinase.
Regula a tensão arterial
O potássio é um mineral muito importante na regulação da pressão arterial, na redução do risco de doença renal e doença coronária.
Poder antioxidante
A riqueza em substâncias bioativas faz com que o cogumelo tenha uma elevada capacidade antioxidante, importante para estimular reações imunológicas do organismo e para a resposta anti-inflamatória celular.
Fonte de fósforo, selénio e cobre
Este alimento é ainda uma boa fonte de ácido pantoténico, selénio e cobre. O selénio (100g de cogumelos fornecem quase metade das necessidades diárias deste nutriente) é um mineral com funções estruturais e enzimáticas, em particular como antioxidante e catalisador da produção hormonal.




Recomendações diárias:


Segundo a Organização Mundial de Saúde, diariamente dever-se-á promover o consumo de pelo menos 400g de hortofrutícolas (fruta e hortícolas), o correspondente a 5 porções (preferencialmente 2 porções de fruta e 3 de hortícolas) destes alimentos, de forma a prevenir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, obesidade e alguns tipos de cancro.




Cogumelos Recheados com Gambas

Ingredientes:
4 cogumelos grandes;
8 gambas médias;
2 dentes de alho picados;
2 colheres de sopa de azeite;
Piri-piri q.b.;
Coentros q.b.;
Sal q.b.






Modo de preparação:

1. Dos cogumelos aproveitam-se só os chapéus, que se grelham com a cavidade para cima.

2. Descascam-se as gambas e cortam-se em pedacinhos.

3. Numa frigideira deita-se 2 colheres de sopa de azeite com os alhos picados e o piri-piri e deixa-se fritar até ficar louro. Em seguida, acrescentam-se as gambas, temperam-se com sal e deixa-se fritar.

4. Recheiam-se os cogumelos com as gambas e polvilham-se com coentros finamente picados.


Nutricionista Filipa Esposeiro



sabia que...
Não pertencem ao Reino Vegetal, são do Reino Fungi.
como consumir
HÁ MUITAS MANEIRAS DE O CONSUMIR
Risoto
Salteados
Saladas
como escolher
Sem pisaduras ou manchas negras e com o pé intacto.
como conservar
Devem ser conservados no frigorífico,
sem antes serem lavados.
aipo continente frescos
 

GET MOVING
Rico em fibras
e nutrientes

cogumelo continente frescos
Pertencentes ao Reino Fungi, o Cogumelo é o nome dado à frutificação das inúmeras espécies de fungos. Estes dispõem de uma enorme variedade de formas, dimensões e cores.

Da ampla diversidade de Cogumelos apenas alguns são comestíveis e estes, para além do seu agradável sabor, textura e aroma, são bastante nutritivos. Os Cogumelos apresentam um razoável conteúdo em hidratos de carbono e proteínas com grande parte dos aminoácidos essenciais incluídos. O teor lipídico é muito reduzido.

O Cogumelo é também uma excelente fonte de vitaminas, sais minerais e compostos bioativos com elevada capacidade antioxidante e anti-inflamatória. Para além de fornecer apreciáveis quantidades de potássio, ácido pantoténico, selénio, cobre e vitaminas pertencentes ao complexo B, é também uma das escassas fontes de vitamina D (D2) de origem não animal.

O Cogumelo é um alimento muito apreciado na gastronomia portuguesa, podendo ser confecionado das mais variadas maneiras.






Época do Cogumelo



O Cogumelo pode ser encontrado durante todo o ano.



benefícios para a saúde


Músculo: Regenerador/Recuperador muscular
Defesas: Fortalece o sistema imunitário
Coração: Contribui para a prevenção de doenças cardíacas
Cérebro: Estimula o desempenho mental e contribui para a redução do cansaço e da fadiga
Ossos: Fortalece os ossos


SUGESTÃO DE CONSUMO: Pós treino



Claras de ovo mexidas com Cogumelos acompanhado de batata doce assada no forno.



Cogumelo e exercício físico




O potencial antioxidante do Cogumelo é um importante coadjuvante no combate dos radicais livres produzidos excessivamente pelo nosso corpo aquando o exercício físico. Em atletas de resistência, onde há uma evidente produção desmedida de radicais livres, a inclusão de Cogumelos na sua rotina alimentar pode ser uma interessante estratégia na eliminação destes radicais.

É de realçar a presença de uma substância em determinados Cogumelos (ex. shiitake), o lentinano. O lentinano, para além da sua utilização na medicina pelo seu efeito anti-tumoral, tem a capacidade de estimular a produção de glóbulos brancos ou leucócitos. Estas células fazem parte do sistema imunitário, fortalecendo-o. É igualmente um factor importante que os atletas de resistência devem ter em consideração.

Determinadas vitaminas e sais minerais presentes no Cogumelo, contribuem na recuperação muscular após um treino ou prova. Por ser uma excelente fonte de proteínas, o consumo de Cogumelos nas refeições que antecedem e sucedem ao treino pode ser útil na prevenção do catabolismo (degradação da massa muscular) e no processo de construção muscular.

A quantidade apreciável de fibras que este alimento oferece, ajudam a promover a sensação de saciedade, minimizam a absorção de gorduras e melhoram o funcionamento intestinal. Estas características também fazem do Cogumelo uma ótima opção em dietas para perder peso.






Personal Trainer Tiago Silva
Formado em Nutrição Desportiva


benefícios

Por terem um alto teor de proteínas, os cogumelos são muitas vezes utilizados como substitutos da carne ou do peixe em refeições com base em vegetais.



continente frescos

pirâmide alimentar Porções por dia

2-3açúcares (ESPORADICAMENTE)
laticínios2-3

2-3carne - peixe

vegetais3-5

2-4frutas

grãos6-11
RECEITA
tagliatelle de cogumelos
e natas
36min
6 pessoas
ingredientes
1500 g de água
Azeite q.b.
Sal a gosto
350 g de tagliatelle
2 dentes de alho
30 g de manteiga
300 g de cogumelos marron
1 ½ pacote de natas (300 ml)
Sal a gosto
Pimenta a gosto
Salsa picada q.b.
Queijo parmesão ralado a gosto
Papel de alumínio


confeção

1. Deite a água, um fio de azeite e sal no copo, e aqueça 10 minutos na velocidade 2 a 100°C.

2. Adicione a massa pelo orificio da tampa (pressionando ligeiramente com os dedos até amolecer) e programe o tempo indicado na embalagem (cerca de 8–9 minutos), a 100°C, velocidade 1 na Rotação Inversa.

3. Com ajuda do cesto escorra a massa, coloque-a num recipiente e envolva-a com azeite para evitar que cole. Cubra o recipiente com folha de alumínio para que a massa não arrefeça. Reserve.

4. Coloque os dentes de alho no copo e pressione a Função Triturar . Com a ajuda da espátula, faça descer o alho acumulado na parede do copo.

5. Acrescente a manteiga e programe 3 minutos, a 100°C na velocidade 1.

6. Adicione os cogumelos cortados em quartos e refogue mais 3 minutos, a 100°C, velocidade 1 na Rotação Inversa.

7. Verta as natas, tempere com sal e pimenta e programe 10 minutos, a 95°C, velocidade 1 na Rotação Inversa.

8. Misture o molho na massa e salpique com salsa picada a gosto.

9. Polvilhe com queijo parmesão e sirva de imediato.

Dica
Pode usar natas light para fazer a receita.