Beneficios - Frescos continente Grelo

Clementina

Grelo continente frescos














Grelos continente frescos
eat smart
Um pequeno citrino com grande valor nutricional
Perfumada, suculenta, doce e levemente ácida, a Clementina é uma fruta cítrica com casca alaranjada, lisa e com brilho. A sua polpa é constituída por vários e deliciosos gomos.








Benefícios do consumo da Clementina:



Ajuda a combater o envelhecimento celular
Potencia os processos de cicatrização de feridas
Atua no alívio do stress e ansiedade




Recomendações diárias:


Segundo a Organização Mundial de Saúde, diariamente dever-se-á promover o consumo de pelo menos 400g de hortofrutícolas (fruta e hortícolas), o correspondente a 5 porções (preferencialmente 2 porções de fruta e 3 de hortícolas) destes alimentos, de forma a prevenir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, obesidade e alguns tipos de cancro.


sabia que...
A separação dos seus gomos podem ir de oito a 14, conforme o tamanho.
como consumir
HÁ MUITAS MANEIRAS DE O CONSUMIR
Natural
Gelado
Sumo
como escolher
Firmes, consistentes e com brilho.
como conservar
Conservar em local fresco e arejado, de preferência no frigorífico e não por mais de uma semana.
Alho continente frescos
 

GET MOVING
Concentrado de vitaminas
e nutrientes essenciais


Grelo continente frescos
Perfumada, suculenta, doce e levemente ácida, a Clementina é uma fruta cítrica com casca alaranjada, lisa e com brilho. A sua polpa é constituída por vários e deliciosos gomos. Tanto a casca como a polpa, são altamente nutritivos. Em Portugal, apesar de haver produção de Clementina em várias regiões, é sobretudo no Algarve onde se concentram as grandes plantações deste fruto, precisamente por ter um clima mais temperado.

Reconhecida pela sua riqueza em vitamina C, a Clementina apresenta igualmente razoáveis quantidades de outras vitaminas e minerais tais como, vitamina A e algumas vitaminas do complexo B, potássio, cálcio, fósforo e magnésio.

A Clementina destaca-se também pela presença de compostos bioativos na sua composição nutricional, como carotenóides e polifenóis. Distinguindo-se dos nutrientes essenciais por não serem necessários para o correto funcionamento do nosso corpo, os compostos bioativos influem positivamente a nossa saúde.

Uma ação conjunta dos vários nutrientes (vitaminas, minerais, compostos fenólicos e carotenos) encontrados na Clementina pode, através do seu potencial antioxidante, anti-inflamatório e antiaterogénico, combater o envelhecimento celular, fortalecer o sistema imunitário, reduzir o risco doenças cardiovasculares, prevenir a degeneração macular, potenciar os processos de cicatrização de feridas, atuar no alívio do stress e ansiedade, melhorar o humor e revigorar energeticamente o organismo.

A Clementina contempla-nos ainda com porções ideais de água e fibras alimentares. Estes constituintes são fundamentais para a hidratação, promover uma boa digestão, regular o trânsito intestinal, reduzir o colesterol mau (LDL) e os níveis de glicose na corrente sanguínea.

Refrescante, pouco calórica e com valores nutritivos tão elevados, a Clementina é realmente uma formidável aliada da alimentação saudável, protegendo o nosso organismo nas alturas do ano em que normalmente estamos mais vulneráveis.






Época da Clementina



Apesar de encontrarmos Clementinas o ano inteiro, no nosso país, a sua colheita ocorre normalmente nos meses de novembro a janeiro.



benefícios para a saúde


Músculo: Recuperador muscular
Defesas: Fortalece o sistema imunitário
Pele: Retarda o envelhecimento da pele
Coração: Previne doenças cardiovasculares
Coração: Regula o trânsito intestinal
Olhos: Melhora a qualidade da visão


SUGESTÃO DE CONSUMO: Meio da Manhã



Descasque 2 a 3 clementinas. Consuma-as na sua forma mais natural.



Clementina e exercício físico




Atualmente é incontestável que uma dieta nutritiva e equilibrada associada à prática regular de exercício físico, representam um fator importante relativamente à prevenção de doenças, refletindo-se também numa melhoria da condição física.

É, através de todo um processo adaptativo do nosso corpo que, perante um estímulo (treino) regular e contínuo, se manifestam os benefícios causados pela prática de exercício físico. Quanto à parte nutricional, utilizando os alimentos certos e no timing ideal, está de facto, entre os melhores adjuvantes em todo este processo, onde procuramos melhorar a qualidade de vida, condição física ou ainda performance desportiva. A Clementina, rica em vitamina C e outros nutrientes também com propriedades antioxidantes, é um admirável aliado destes atletas e praticantes de exercício físico.

Como é sabido, a prática de exercício físico intenso é um dos factores que provoca desequilíbrios entre a produção de radicais livres (moléculas altamente reativas, capazes de provocar danos celulares) e a sua remoção pelos sistemas de defesa do nosso organismo, potenciando a formação excessiva dos mesmos. Portanto, o consumo de alimentos como a Clementina providos de agentes antioxidantes com capacidade para neutralizar estes radicais livres, exprime enorme importância na promoção de uma boa saúde e bem estar.

A Clementina apresenta um índice glicémico (valor que determina em que medida os alimentos com hidratos de carbono na sua constituição, elevam a glicose na corrente sanguínea) baixo. Esta característica permite também, em conjunto com a sua riqueza em fibras alimentares e água, que esta fruta se utilize em dietas para reduzir o peso corporal ou percentual de gordura.

São realmente enumeras e valiosas vantagens que o nosso corpo granjeia através do consumo de Clementinas.







Personal Trainer Tiago Silva
Formado em Nutrição Desportiva


benefícios

Têm um baixo valor energético e são ricos em fibra. São repletos de vitaminas e minerais, nomeadamente em ácido fólico, vitaminas C e A e cálcio.



continente frescos

pirâmide alimentar Porções por dia

2-3açúcares (ESPORADICAMENTE)
laticínios2-3

2-3carne - peixe

vegetais3-5

2-4frutas

grãos6-11
RECEITA
QUADRADOS SURPRESA
COM CHOCOLATE
15min
4 pessoas
ingredientes
150 g de chocolate de culinária
1 c. sopa de manteiga
4 c. sopa de leite
400 g de quadrados da receita Bolo de Mandioca com Calda de
Citrinos
250 ml de natas bem frias
Açúcar q.b.
400 g de clementinas


confeção

1. Derreta o chocolate em banho-maria, juntamente com a manteiga e o leite.

2. Raspe a casca das clementinas e depois descasque-as em gomos. Reserve.

3. Numa tigela, bata as natas com um pouco de açúcar até obter chantilly.

4. Numa taça, disponha os quadrados do bolo de mandioca, intercale com o chantilly e os gomos de clementinas.

5. Por fim, regue com o chocolate. Se desejar, decore com folhas de hortelã.